Category Archives: Testemunhos

Helena Pereira: “O CrossFit faz com que acredites em ti”

WhatsApp Image 2020 10 26 at 15.56.01 1

Sempre fui uma pessoa que fez algum desporto, a maioria das vezes aulas de grupo pois gostava de treinar com pessoas. Parei algum tempo devido ao meu trabalho e à falta de motivação. Tudo era motivo/desculpa para não ir treinar! Até que Ana Ribeiro me desafiou a ir conhecer a Box (achando eu que aquilo não era para mim). Tanto não era que já la vai um ano.

Logo na minha primeira aula senti-me a tartaruga com as melhores lebres de Guimarães! Em qualquer lugar isso seria constrangedor para qualquer pessoa, na box isso não aconteceu. O grupo TODO, mesmo após terem terminado o tempo deles ficaram a fazer comigo para que eu não me sentisse mal/constrangida. Isso chama-se companheirismo e espírito de grupo. Fiquei logo rendida.

WhatsApp Image 2020 10 26 at 15.56.01

Sinto que o CrossFit me ajudou muito na postura da minha profissão, pois como sou cabeleireira, precisava de fortalecer as partes superiores do corpo para não ter tantas lesões devido ao trabalho e sinto imensos progressos, o trabalho super atencioso dos coaches faz com que os nossos movimentos sejam PERFEITOS para que não haja risco de lesão, daí o lema da box ser: trust the process, a forma como fazemos o exercício é muito mais importante do que a carga que lhe colocamos. Quando o pensamento é este faz com que todos os atletas confiem na forma como lá dentro se treina.

Tento ir treinar todos os dias (muitas das vezes não e possível devido ao meu trabalho, mas o saco está sempre feito) gosto de ir para me sentir bem, para sair da rotina, para espairecer, para me divertir, para estar com a comunidade boa onda e para me sentir activa. Agradeço a todos os coaches o trabalho que fazem todos os dias para que o grupo seja unido e que toda a gente se sinta em casa na NOSSA CAIXOTINHA. Sinto que o Crossfit a nível profissional me dá força e motivação para não desistir do meu negócio. Por vezes não é fácil termos o nosso negócio e estarmos sempre positivos. O Crossfit faz com que acredites em ti e no que és capaz, e isso a nível profissional sente-se de imediato!

Na box até podes entrar cabisbaixo mas ou deixas lá a cabeça ou quando sais ela já está mais que no sítio.

Aconselho a toda a gente a experimentar a Box, pois o que se treina la dentro é o Mind set, o corpo vem em segundo plano!

 

 

Ana Ruvina: “Mudei a minha vida”

121254886 762534134308708 3528949003022422046 n

A “Ruvina” é dona de um dos sorrisos mais contagiantes da 5.7 CrossFit.
É um orgulho tê-la connosco e privar com o seu espírito sempre “pra cima”.

“Desde sempre gostei de educação física, no entanto nunca gostei de ginásio nem de nenhum tipo de atividade de grupo muito monótona e nada desafiante. O CrossFit surge numa fase da minha vida em que se tornava imperativo uma mudança. Mudança de atitude, de vontade e de hábitos. Nunca me senti tão motivada para treinar. Em todos os treinos temos um desafio novo para superar e é isso que torna esta “modalidade” tão fascinante.

O sentido de “comunidade” também foi algo que me surpreendeu. O espírito de entreajuda e amizade que se vive nesta box é fantástico. Tenho a certeza que já fiz amigos para a vida. Na 5.7 encontrei uma família, um novo propósito e finalmente aprendi quais as minhas capacidades e a desafiar-me a cada treino e a nunca dizer “não consigo”.

121537573 380271893355297 3950616113755633352 n121195213 681530662497334 9016864723643158585 n

O meu primeiro contacto com o Crossfit foi no Brasil, onde me identifiquei de imediato com a atividade. Hoje, e passado um ano, sinto-me totalmente diferente, com outra energia, disposição e com um mind-set positivo e disponível para a mudança. A evolução física é notória, quer a nível respiratório quer ao nível da força.

Aconselho vivamente esta modalidade, pois mudou a minha vida, não queres mudar a tua também?”.

121629860 373378663708861 2723489675444393335 n

Ruben Conde: a mudança

Ruben Conde - A mudança

Há pessoas que nos inspiram, o Ruben Conde é uma delas.

Falar da história do Ruben é falar de uma realidade comum a tantas pessoas. O excesso de peso – a obesidade – é um problema que assola grande parte da população mundial. Na população Portuguesa adulta, diversos estudos indicam uma prevalência do excesso de peso e da obesidade na ordem dos 40%, sendo mais elevada nas pessoas com mais de 55 anos. É por isso que olhamos para o caso de Ruben como um caso de sucesso, vitória, superação e orgulho. Deixamos algumas perguntas que fizemos ao nosso querido Ruben, de forma a perceber que mudanças aconteceram.

Ruben Conde - A mudança

Como chegaste à 5.7?
Conheci através de 3 amigos meus que treinavam aqui.

O que te motivou a treinar aqui?
O que me motivou foram eles e o ser diferente de um ginásio…

Principais razões pessoas para o fazeres?
Visto que ia sozinho ao ginásio e ai tinha amigos resolvi treinar na 5.7…e numa de variar também.

Como iniciaste o processo de perda de peso?
Iniciei o processo dia 8 de Outubro de 2018 incentivado pelo Coach Marcos, que me fez a seguinte pergunta no fim dum treino de sexta-feira “Queres mudar de vida? Que dizes de emagrecer um bocado?”. Pensei e disse: “Porque não? Não tenho nada a perder vamos lá ver até onde consigo ir”.

Quantos quilos perdeste?
60 quilos.

Mudanças antes e depois?
Mudanças estão à vista. Passei de um 3XL/4XL para um M/L por exemplo de calças mudei de um 54/56 para um 42.

Situação atual: como te sentes a nivel fisico . mental . performance?
A nível físico sinto-me como nunca me senti antes. Antigamente não andava 100 metros agora corro quilómetros, por exemplo. Nível mental mudei a maneira de pensar, de dizer não consigo para pelo menos vou tentar e amanhã vou conseguir. Performance espectacular. A meu ver ganhei uma resistência física que nunca pensei que conseguiria atingir.

Principais desafios e dificuldades no processo de perda de peso?
O primeiro desafio foi a alimentação sem dúvida, passar de uma alimentação de comer o que queria para o que me faz bem. Tem de ser! Com a perda de peso a alimentação saudável tornou-se um processo natural na minha vida. Outro desafio foi fazer certos exercícios para alcançar o objectivo.

Conselhos para quem, tal como tu, precisa de incentivo para mudar?
Como eu consegui qualquer pessoa consegue. Umas mais rápido do que outras, mas tudo se consegue quando se tem as pessoas certas ao nosso lado.

Na 5.7 CrossFit acreditamos – mesmo – na mudança, acreditamos que não há limites para conseguirmos ser mais e melhor. Estas mudanças são se traduzem só nas transformações físicas e estéticas. Mudar o mind set de alguns atletas ainda continua a ser uma das tarefas mais árduas, mas mais recompensadoras. O Ruben personifica tantos dos valores que defendemos. Obrigado por nos deixares ter um papel tão importante na tua mudança!

Este é o Ruben Conde. Um homem renovado e orgulhoso atleta da 5.7 CrossFit.

Ruben Conde - A mudança

Testemunho: Rute Gabriela Ribeiro

Rute Gabriela Ribeiro

Entrei oficialmente para a 5.7 CrossFit no dia 14 de Novembro de 2017. Depois de um “namoro antigo”, como escreveu o coach Marcos na mensagem de boas vindas. Eu não sabia na prática o que é o CrossFit, nem imaginava que ia aprender tanto dentro da “caixota”. Porquê CrossFit? Queria algo que não seguisse a tendência, do típico ginásio. Por isso decidi arriscar e sair da zona de conforto. Não é fácil deixarem-se hábitos e formas de treinar já enraizadas! Eu entrei “sozinha” na box, sem saber bem o que esperar. Só sabia que era exigente, pelo menos era o que diziam. E foi, e continua a ser – todos os dias! Mas foi das melhores decisões de sempre.

Sem me conhecer bem, o Francisco Pinto foi um grande impulsionador das minhas regulares e primeiras visitas à box. Era motivado, cheio de energia e desafiava-me a marcar o treino seguinte. Rapidamente descobri que o Francisco espelhava a forma de estar de toda a 5.7. Assim de forma muito natural foi-me exemplificado o conceito de “comunidade”. Inúmeras as vezes em que o pessoal veio esperar-me ou acompanhar-me na última ronda. A parte humana fez-me continuar motivada, tinha encontrado uma casa, um refúgio. Se o dia corresse mal deixava ficar tudo na 5.7, se corresse bem era igual. É uma parceria win-win 🙂 No que toca ao CrossFit em si, e mesmo tendo feito sempre desporto, nunca encontrei um tão completo e evolutivo como este. A todos os níveis: aumento da resistência, ganho de massa muscular, melhoria da flexibilidade, aumento da energia, aumento da força e condicionamento físico. Mas acima de tudo, o CrossFit, faz-nos testar os nossos limites o que, irremediavelmente, nos torna pessoas mais fortes quer física quer mentalmente. E se o CrossFit nos faz testar limites, são as pessoas que dão a cara pela box a voz dessa constante motivação. Muito a agradecer aos coaches da 5.7, que muitas vezes acreditam mais em mim do que eu. Como atleta de provas OCR  (Obstacle Course Race) encontro na “caixota” treinos e técnicas fundamentais para a prática da modalidade. Nomeadamente treinos com corrida, explosão, manipulação de carga e suspensão. Um atleta OCR sem uma boa grip tem esforço redobrado nas provas. A nível físico sinto que estou num bom caminho, mas com muito para melhorar. Sei que posso contar com a minha comunidade para isso. O CrossFit é um estilo de vida, o que vai de encontro a uma premissa que sempre defendi “Não devemos focar no aspecto físico, mas sim na performance”. Só assim conseguimos comprometer-nos a longo prazo. Atingir resultados demora tempo, e nem todos se refletem no espelho. É preciso saber respeitar o processo.

Na box encontrei uma família, que todos os dias acrescenta valor à minha formação. É de coração cheio que faço parte dela. Nem todos os momentos são fáceis, nem sempre queremos fazer aquele buyout, dar aquele push extra, e quando levados ao limite nem sempre é fácil gerir emoções. Muito menos quando o ego não fica à porta. (Ou quando o coach te chama no mesmo treino, por nomes diferentes:  “Oh Rute já te disse!” e/ou “Gabi anda lá mete carga nisso”. Isso leva um ser humano à exaustão em poucos segundos – depois de 2 tabatas e 5000 reps de não sei quê 😀 ). O Crossfit é para todos, mas nem todos estão dispostos a fazer disto um estilo de vida. Como também nunca gostei de coisas fáceis estou no sítio certo! A vida é demasiado efémera para perdermos tempos com experiências banais. Celebra a vida, unbroken, na 5.7 CrossFit.

Rute* Gabriela Ribeiro

 

 

 

Testemunho: Ricardo Lobo

Ricardo Lobo

Olá! Sou o Ricardo Lobo e sou de Guimarães.

Treinar não é novo para mim, uma vez que estive sempre ligado ao desporto, e
competi a nível nacional e internacional durante cerca de 15 anos.|

A minha entrada no CrossFit acontece num momento em que estava há 5 anos a
fazer corrida e natação de manutenção, entrando numas provas (Maratonas, Meias
Maratonas e Trails), para que o espírito competitivo servisse de motivação para o
treino e para a superação pessoal. No entanto, comecei a sentir problemas físicos,
nomeadamente dores lombares e abdominais, devido ao desequilíbrio muscular,
originado pela falta de trabalho de força adequado. Foi então que me falaram do
CrossFit e me indicaram a 5.7.

E lá fui eu experimentar uma semana para ver se gostava! Senti-me
verdadeiramente em casa, a receção foi do melhor e o acompanhamento prestado
pelos “coachs”, sempre com a preocupação de explicar a mecânica e o propósito de
cada exercício, exemplar.

Uma das mais-valias da 5.7 é primar pela qualidade da técnica, para com isso evitar
as lesões.

Não foi preciso chegar ao fim da semana par ver que o CrossFit era a resposta para
as minhas necessidades e que era aqui, na 5.7, que iria ficar. Entretanto, já passou um
ano e meio e a evolução física que sinto é inegável, com crescente resistência e
capacidade de sofrimento, o que faz com que as minhas prestações melhorem a cada
dia.

Gosto do CrossFit porque tem uma grande variedade de exercícios, tornando os
treinos sempre diferentes e atrativos, conseguindo assim manter altos níveis de
motivação para o treino.

O meu muito obrigado aos “coachs” da 5.7 e aos colegas de treino que fazem com
que treinos difíceis se tornem fáceis e prazerosos.

Testemunho: Joana Ribeiro

Testemunho Joana Ribeiro

Sou a Joana, sou de Guimarães e ainda me considero uma iniciante neste meio de coachees bem focados e preparados.

Entrei há relativamente pouco tempo, contudo numa fase de mudança significativa da minha vida. Foram dois (talvez três) os motivos. Primeiro porque procurava algo diferente de qualquer outra modalidade que já tinha experimentado. Segundo, porque, por motivos de saúde, devo particularmente praticar exercício. Terceiro, e talvez relacionado com os motivos anteriores, porque sentia que precisava de um incentivo externo para além da minha motivação interna (muito em baixo quando iniciei).

Uma das coisas que me faz sentir bem com a prática de exercício é o facto de este me permitir descomprimir física e emocionalmente quando puxa pelo meu corpo. Não estava a conseguir isso com outras metodologias.

Decidi experimentar a box aconselhada por uma colega de trabalho que também pratica CF e me sugeriu a 5.7CF como uma referência em Guimarães.

A verdade é que, mesmo considerando-me um pouco reservada até conhecer e ter alguma confiança com as pessoas, fui e sou sempre recebida com um sorriso, não só pelos coaches, mas também por todos os colegas.

Com o decorrer do tempo fui sentindo que o CrossFit foi de encontro aos meus objetivos relacionados com a prática de exercício, e também encontrei um ambiente envolvente com pessoas prontas a ajudar e a dar o incentivo extra. E vale a pena. Vale a pena porque chego ao final do treino com a sensação de leveza e de que preciso de voltar para sentir que sou capaz, ao meu ritmo, mais uma vez, e que há pessoas que estão prontas a dar um empurrão quando achamos que já não conseguimos mais.

Acho que é percetível que não faço isto por competição, mas porque considero esta modalidade um estímulo extra no meu bem-estar, que me ajuda a chegar ao final do dia mais leve, com um sentimento de superação física e psicológica (mesmo não atingindo os tempos e objetivos estipulados em cada treino), e também de gratidão, por estar onde estou e com as pessoas que me rodeiam.

Entrei na 5.7CF numa fase de desilusão e frustração a nível profissional, uma vez que, por vários motivos (inclusive de saúde), não consegui alcançar um objetivo que tinha há muito tempo, e porque não estava bem com o trabalho que exercia. Neste momento, essa mudança é positiva e deve-se também a pequenas coisas que vi, ouvi e gravei neste lugar.

A 5.7 não é só uma box onde se pratica CrossFit e se compete. É também, e isso é uma das coisas que mais fazem a diferença, uma comunidade onde todos são recebidos de forma calorosa, com um sorriso e se entreajudam mutuamente.

As pessoas fazem sempre a diferença, em qualquer lugar, para além de qualquer modalidade de exercício aconselhável.

 

Este site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao navegar neste site concorda com o uso de cookies.