Testemunho: Ricardo Lobo

Testemunho: Ricardo Lobo

Olá! Sou o Ricardo Lobo e sou de Guimarães.

Treinar não é novo para mim, uma vez que estive sempre ligado ao desporto, e
competi a nível nacional e internacional durante cerca de 15 anos.|

A minha entrada no CrossFit acontece num momento em que estava há 5 anos a
fazer corrida e natação de manutenção, entrando numas provas (Maratonas, Meias
Maratonas e Trails), para que o espírito competitivo servisse de motivação para o
treino e para a superação pessoal. No entanto, comecei a sentir problemas físicos,
nomeadamente dores lombares e abdominais, devido ao desequilíbrio muscular,
originado pela falta de trabalho de força adequado. Foi então que me falaram do
CrossFit e me indicaram a 5.7.

E lá fui eu experimentar uma semana para ver se gostava! Senti-me
verdadeiramente em casa, a receção foi do melhor e o acompanhamento prestado
pelos “coachs”, sempre com a preocupação de explicar a mecânica e o propósito de
cada exercício, exemplar.

Uma das mais-valias da 5.7 é primar pela qualidade da técnica, para com isso evitar
as lesões.

Não foi preciso chegar ao fim da semana par ver que o CrossFit era a resposta para
as minhas necessidades e que era aqui, na 5.7, que iria ficar. Entretanto, já passou um
ano e meio e a evolução física que sinto é inegável, com crescente resistência e
capacidade de sofrimento, o que faz com que as minhas prestações melhorem a cada
dia.

Gosto do CrossFit porque tem uma grande variedade de exercícios, tornando os
treinos sempre diferentes e atrativos, conseguindo assim manter altos níveis de
motivação para o treino.

O meu muito obrigado aos “coachs” da 5.7 e aos colegas de treino que fazem com
que treinos difíceis se tornem fáceis e prazerosos.

Testemunho: Joana Ribeiro

Testemunho: Joana Ribeiro

Sou a Joana, sou de Guimarães e ainda me considero uma iniciante neste meio de coachees bem focados e preparados.

Entrei há relativamente pouco tempo, contudo numa fase de mudança significativa da minha vida. Foram dois (talvez três) os motivos. Primeiro porque procurava algo diferente de qualquer outra modalidade que já tinha experimentado. Segundo, porque, por motivos de saúde, devo particularmente praticar exercício. Terceiro, e talvez relacionado com os motivos anteriores, porque sentia que precisava de um incentivo externo para além da minha motivação interna (muito em baixo quando iniciei).

Uma das coisas que me faz sentir bem com a prática de exercício é o facto de este me permitir descomprimir física e emocionalmente quando puxa pelo meu corpo. Não estava a conseguir isso com outras metodologias.

Decidi experimentar a box aconselhada por uma colega de trabalho que também pratica CF e me sugeriu a 5.7CF como uma referência em Guimarães.

A verdade é que, mesmo considerando-me um pouco reservada até conhecer e ter alguma confiança com as pessoas, fui e sou sempre recebida com um sorriso, não só pelos coaches, mas também por todos os colegas.

Com o decorrer do tempo fui sentindo que o CrossFit foi de encontro aos meus objetivos relacionados com a prática de exercício, e também encontrei um ambiente envolvente com pessoas prontas a ajudar e a dar o incentivo extra. E vale a pena. Vale a pena porque chego ao final do treino com a sensação de leveza e de que preciso de voltar para sentir que sou capaz, ao meu ritmo, mais uma vez, e que há pessoas que estão prontas a dar um empurrão quando achamos que já não conseguimos mais.

Acho que é percetível que não faço isto por competição, mas porque considero esta modalidade um estímulo extra no meu bem-estar, que me ajuda a chegar ao final do dia mais leve, com um sentimento de superação física e psicológica (mesmo não atingindo os tempos e objetivos estipulados em cada treino), e também de gratidão, por estar onde estou e com as pessoas que me rodeiam.

Entrei na 5.7CF numa fase de desilusão e frustração a nível profissional, uma vez que, por vários motivos (inclusive de saúde), não consegui alcançar um objetivo que tinha há muito tempo, e porque não estava bem com o trabalho que exercia. Neste momento, essa mudança é positiva e deve-se também a pequenas coisas que vi, ouvi e gravei neste lugar.

A 5.7 não é só uma box onde se pratica CrossFit e se compete. É também, e isso é uma das coisas que mais fazem a diferença, uma comunidade onde todos são recebidos de forma calorosa, com um sorriso e se entreajudam mutuamente.

As pessoas fazem sempre a diferença, em qualquer lugar, para além de qualquer modalidade de exercício aconselhável.

 

Testemunho: Joaquim Pereira

Testemunho: Joaquim Pereira

Olá, chamo-me Joaquim Pereira  e sou de Guimarães.

 

A minha entrada neste mundo do CrossFit e nesta box, foi da forma mais tradicional que existe, isto é, já ouvia falar de um tal de CrossFit há algum tempo, embora sem saber bem no que consistia,

Por coincidência um amigo, disse que iria experimentar uma aula de crossfit, e nessa altura aproveitei a “boleia” e lá fui ver o que era (mal eu sabia no que me iria meter) !

Assim que entrei na box, fui recebido de braços abertos, tanto pelo Coach como pelo pessoal, gostei e gosto muito da forma como recebem e ajudam quem pela primeira vez entra num espaço que não conhece, deixando completamente à vontade, algo que para quem começa é extremamente importante! Senti-me em casa!

 

1º treino feito e logo ali fiquei com a certeza de que iria gostar do tal CrossFit, com as suas “ferramentas” tais como o pvc, estruturas, cordas, bolas pesadas, barras etc… e principalmente pelas pessoas extremamente simpáticas e que fizeram com que me sentisse bem logo no primeiro encontro…

Junto com o treino vieram também umas dores musculares novas e a descoberta de novos músculos 🙂

 

Rapidamente percebi que o CrossFit poderia ajudar a melhorar a minha condição física, que não era a ideal na altura !

Gosto muito de andar de bicicleta, e passo muitas horas a dar ao pedal, algo que com o tempo começou a trazer dores lombares e várias mazelas no corpo, a preguiça também ajudou a que essas dores e mazelas aparecessem, não conseguia encontrar motivação para treinar a parte do corpo menos solicitada na prática do ciclismo.

A entrada para a box, veio resolver tanto a parte da preguiça como a falta de motivação, e está a ajudar muiiiito na tarefa de por o “chassis” bom de novo, e para isso muito contribui a ajuda e o saber dos Coachs Marcos e Paulinho, aos quais quero agradecer a forma profissional e dedicada, como me ajudam a ficar fisicamente melhor e psicologicamente mais forte!

A cada treino que faço, sinto-me melhor, mais forte, mais bem disposto, as dores lombares começaram a desaparecer, e tenho vindo a descobrir músculos que nem sabia que tinha! 🙂 O tempo que passo a pedalar tem sido uma prova do trabalho fantástico realizado pelos Coachs, consigo usufruir do prazer de andar de bicicleta sem aquelas dores chatas,  inclusive agora até dou por mim a correr, algo que me fazia muiiiiita confusão, porque se tenho bicicleta para que é que havia de correr! 🙂 !

 

O que no inicio, era pura curiosidade, rapidamente tornou-se em algo do qual já não posso deixar de fazer.

 

Mais uma vez muito obrigado aos coachs, muito obrigado ao pessoal e também obrigado ao meu amigo, que me falou do CrossFit e da box 5.7 🙂

 

assim sendo até já…

Testemunho: Vítor Salgado

Testemunho: Vítor Salgado

Olá chamo-me Vítor e tenho 32 anos.

No início de 2018 comecei a minha aventura na box 5.7 CrossFit Guimarães. Desde logo achei bastante interessante pois não se assemelhava a nada que tinha experimentado até então. Já há muito tempo que não praticava exercício físico e as minhas limitações eram evidentes… Mas sim, isto era diferente e com a ajuda e adaptação dos exercícios e com o decorrer do tempo as coisas iam surgindo naturalmente.

Sempre fui preguiçoso para me levantar cedo mas até isso mudou… A box é o unico sitio onde consigo deixar os meus problemas de parte… estes 6 meses foram bastante produtivos com a ajuda dos coach’s e da grande comunidade que frequenta esta box tudo foi mais fácil. Estou muito contente por fazer parte deste grupo espetacular e pelos resultados que tenho vindo a alcançar. Aconselho a todos os que ainda não experimentaram o crossfit vivamente a fazê-lo, pois certamente irão ficar surpreendidos com os métodos de treino e com a melhoria de vida que isto nos proporciona… espero continuar a aprender e a evoluir como até agora.

Cumprimentos,

Vítor Salgado

Testemunho: Marco Teixeira

Testemunho: Marco Teixeira

Olá! Sou o Marco, mais conhecido por Teixa, tenho 24 anos e sou de Cinfães. Vim para Guimarães com uma proposta de estágio e, entretanto, acabei por ficar por cá, já lá vai um ano e 3 meses. Foi aqui, no berço de Portugal, que arranjei um novo amor, o CrossFit. Conheci esta modalidade em 2016 numa “box” de um ginásio. No entanto, como fui de Erasmus estive apenas 3 meses à experiência nessa “box”.
Gostei, mas não foi algo que pudesse ser considerado como um “novo amor”. Numa nova cidade e sem amigos cá, foi então que, há cerca de 1 ano e 2 meses, voltei a experimentar o Crossfit mas, desta vez, aqui na 5.7 CrossFit. Depois do primeiro treino com o Coach Marcos, percebi que, afinal, isto tinha muito mais sentido do que aquele que eu tinha visto inicialmente. As pessoas e o desafio tornaram tudo isto numa história totalmente diferente. Com o tempo, o amor foi crescendo, deixei o ginásio por achar que aquilo era “uma seca” e, desde então, cada dia é um desafio, em que o objetivo é ser melhor do que ontem. Alterei a forma como encarava muitas coisas, não só fisicamente, mas também mentalmente, estou diferente. Sou muito mais lutador e capaz de definir objetivos em todos os campos da minha vida.

Esta mudança deve-se muito a esta grande comunidade, que todos os dias, me orgulho de pertencer. A todos vocês, um muito obrigado! E como é óbvio, não podia deixar de agradecer, especialmente, aos nossos mentores, que têm muita paciência com a minha coordenação, Marcos, Paulinho e Verinha muito obrigado pelos vossos conselhos, raspanetes e encorajamentos, o que melhorei, melhorei graças a vocês.

Não sei quanto tempo ficarei cá por terras de D. Afonso Henriques, mas quando cá voltar sei que a frase “Numa nova cidade e sem amigos cá” já não se aplicará mais.

Beijos e Abraços,
Marco Teixeira

Testemunho: Isabel Martins

Testemunho: Isabel Martins

Olá futuro atleta, o meu nome é Isabel e tenho 33 anos.
Depois de muitas aventuras por esse mundo fora, voltei para ficar na minha cidade e, como tinha prometido ao Coach Marcos que quando voltasse iria experimentar o seu novo espaço, quando cheguei fui cumprir a promessa.
E que promessa…. Saí do primeiro treino pior que os peregrinos que fazem o caminho de Santiago…. DESDE ROMA.
Era toda uma panóplia de siglas que eu não entendia, mas que na verdade eram exercícios que toda a gente conhece da sua infância, e que se traduziram em 15 dias com todo um corpo a movimentar-se de forma estranha. MAS….não faltei aos treinos seguintes. Aí soube que era amor 😀
Fui sempre muito ativa, aliás, era e sou Maria-rapaz, e sou fascinada por desporto, apesar de ter um problema um pouco limitativo nos movimentos das pernas.
Logo o Coach Marcos me disse que o CrossFit não é aquele bicho papão das lesões que toda a gente lê e ouve falar.
É perfeitamente adaptável a cada individuo, e que existem os WODs – plano de exercícios para esse dia- e que cada exercício tem imensas possibilidades de ser adaptado, trabalhando o mesmo grupo de músculos que o resto do grupo. A única coisa que não é adaptável é o tempo, o que da aquela “pica de competição” que eu tanto gosto.
Faz um ano que faço parte desta comunidade, um grupo de amigos e de colegas e não apenas pessoas a quem dizes bom dia quando entras num “GYM”. Aqui estamos todos a lutar pelos nossos objetivos sejam eles quais forem e toda a comunidade te apoia e saúda pelos teus feitos (dentro e fora da box). Estou prestes a fazer a minha primeira elevação na barra, saltar a corda tornou-se novamente brincadeira de criança e competi nos meus primeiros GAMES IN da comunidade com distinção 😀
Obrigada ao Coach Marcos (porque se não fosse por ele, eu não teria nunca ido experimentar esta modalidade), ao Coach Paulinho (que me acompanha todas as semanas) e também à Coach Vera (que é uma inspiração para muitas de nós). E claro também a toda a comunidade de maravilhosos seres humanos que compõem a caixota mais cool de Portugal – 5.7 CrossFit
“para o infinito e mais além” – Buzz Lightyear (Toy Story)