Classificação corporal (Somatótipos)

Classificação corporal (Somatótipos)

A técnica de classificação corporal, somatópica, foi desenvolvida por fisiologistas e tem por base a classificação da composição corporal em diferentes aspectos, tendo em conta a gordura, desenvolvimento músculo-esquelético e linearidade do corpo.

Existem três tipos de corpos diferentes: Endomorfo (adiposidade), mesomorfo (muscularidade) e, ectomorfo (magreza).

Indivíduos com estrutura magra, que apresentem dificuldade de ganhar peso, apresentam elevado metabolismo basal, são denominados Ectomorfos. Necessitam de treinos de cargas, no entanto os resultados demoram mais a aparecer. Normalmente são suplementados com gainers. Já os indivíduos com elevada densidade óssea, cintura e anca larga, apresentam maior massa gorda, denominam-se de Endomorfos. Neste caso, exercícios mais aeróbios são indicados, e a dieta terá um papel preponderante na obtenção dos resultados. A restrição de alguns alimentos é fundamental. Os Mesomorfos por sua vez, apresentam uma constituição ideal atlética, estão entre os endomorfos e os ectomorfos, geralmente com a cinta fina e os ombros largos. Os seus resultados são obtidos mais rapidamente, no entanto uma alimentação equilibrada é essencial.

Esta denominação corresponde às três principais camadas de células germinativas que dão origem aos tecidos que posteriormente compõem a composição corporal. Cada indivíduo apresenta uma combinação única de todos os três componentes.

Carolina Fontes
Nutricionista
Membro Activo da Ordem dos Nutricionistas – 1585N